Build your base

Alienum phaedrum torquatos nec eu, vis detraxit periculis ex, nihil expetendis in mei. Mei an pericula euripidis, hinc partem ei est.

 

Blog

ENTRE O RURAL E O URBANO

O Vale do Sorraia sabe receber, e Coruche, já engalanado para a FICOR, a Feira Internacional da Cortiça, acolheu com um dia muito especial os atletas na Corrida das Pontes, competição que bateu todos os recordes de participação.

O mais forte, num percurso que mistura estradas nacionais e regionais, foi Paulo Guimarães (40 anos), que triunfou com 23 segundos de vantagem sobre o segundo, Joel Martins, e mais de um minuto sobre o terceiro, Pedro Ribeiro. O vencedor, que descobriu o atletismo aos 28 anos – “fumava muito e quando nasceu a minha filha senti que tinha de mudar”, disse-nos –, entrou na corrida desafiado por colegas e amigos. “Comecei aos 28 anos e a fazer mais de 43 minutos aos 10 quilómetros”, referiu, finalizando com a sua satisfação: “Senti-me sempre bem na corrida. Adoro o percurso. Foi mesmo espetacular.”

Em femininos, vitória também com muita vantagem por parte de Maria José Frias, atleta que há alguns anos brilhava nas pistas, na distância de 400 metros. “Pois é, de facto esse tempo ainda me deixa saudades. Tive de parar a alta competição por motivos de saúde, mas felizmente, devagarinho, pude regressar à corrida”, contou. E o regresso permitiu-lhe em Coruche ser a primeira atleta, quer em masculinos, quer em femininos, a triunfar em três anos consecutivos.

Enquanto os atletas dos 10 km terminavam e também chegavam os participantes na marcha, o presidente do município de Coruche, Francisco Silvestre Oliveira, não escondia a alegria. “O tempo ajudou-nos, está um dia propício à prática desportiva. Tivemos aqui uma participação muito numerosa, mais de 900 atletas, tendo em conta esta associação à Allianz e ao Record, que deu outra dimensão ao evento, que já vai na 13ª edição”, referiu, dando também conta que “este é o momento mais agradável. Depois de muito investimento e preparação, perceber que os atletas gostaram de estar aqui”.

Ainda no Fun Park que é imagem de marca da Liga Allianz Running Record, encontrava-se Catarina Jorge, do marketing da Allianz, que referiu à nossa reportagem “a grande evolução que temos conhecido de participação de elementos da estrutura da marca, desde colaboradores a mediadores locais. Esse era um dos nossos objetivos”.

Resultados

MASCULINOS
1º Paulo Guimarães (Aminhacorrida/Myprotein), 33.05 m; 2º Joel Martins (C.U.A.Benaventense/ Trilho Perdido), 33,28; 3º Pedro Ribeiro (C.U.A.Benaventense/Trilho Perdido), 34,10; 4º Carlos Tiago (Belém Runners), 34,17; 5º Jorge Sousa (Norauto Portugal), 34,23; 6º Carlos Saias (IMASAMS), 34,55; 7º Paulo Albino (UA Povoense), 34,56; 8º Carlos Freitas (Belém Runners), 35,15; 9º Mário Grilo (BV Momtemor-o-Novo), 35,21; 10º José Custodio (Belém Runners),35:54.

FEMININOS
1ª Maria José Frias (Amigos do Atletismo de Mafra), 41,16 m; 2ª Brigitte Cardoso (Correr Lisboa), 42,35; 3ª Sandra Barros (Belém Runners), 43,21; 4ª Mónica Domingos (Belém Runners), 43,26; 5ª Luísa Monteiro (UA Povoense), 44,00; 6ª Inês Carneiro (Ind.), 46,29; 7ª Ilsa Costa (Mazerun), 48,44; 8ª Carla Calçada (C.C.D. O Alvitejo), 49,11; 9ª Vanda Rosa (AD IALBAX), 50,05; 10ª Joana Ribeiro (Ind.) 50,33.

* Notícia completa Record.